Dia Mundial do Rim: por que são importantes e como cuidar deles?


Um dos órgãos mais importantes do corpo humano são os rins. Multifuncionais, eles são capazes de regular a pressão arterial, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo, produzir hormônios que evitam anemia e doença óssea, entre outras funções.

Todos os anos, na segunda quinta-feira do mês de março, é comemorado o Dia Mundial do Rim. Em 2021, a campanha tem o tema “Vivendo bem com a doença renal” com o objetivo de conscientizar e orientar o paciente com doença renal crônica (DRC) quanto aos próprios sintomas para que possa viver e conviver melhor com a condição em suas atividades diárias.

Com o aumento da expectativa de vida da população, cresce também o número de idosos com risco de desenvolver a doença renal. Portanto, é preciso se cuidar. Preparamos um conteúdo com informações sobre a importância dos rins para a saúde e orientações sobre o que os idosos podem fazer para diminuir as chances de ter problemas nesse órgão. Continue a leitura.

Os rins e suas funções

Cerca de 195 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com a doença renal crônica (DRC), um problema silencioso e que vem atingindo cada vez mais idosos, devido ao aumento da expectativa de vida da população. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, 30% a 50% das pessoas com mais de 65 anos têm chances de desenvolver a DRC.

Os rins estão localizados nos dois lados da coluna vertebral. Seu pleno funcionamento é vital para todo o organismo, pois exerce importantes funções como: filtragem do sangue; eliminação de resíduos e toxinas como ureia, creatinina e ácido úrico; eliminar o excesso de água e sais do organismo, evitando o surgimento de inchaços e aumento da pressão arterial; e produção de hormônios como a vitamina D, que ajuda a absorver o cálcio para fortalecer os ossos.

Riscos para os idosos

Envelhecer é um processo natural e que não está ligado ao desenvolvimento de um problema renal. O que favorece o surgimento da doença renal crônica são algumas condições de saúde que muitos idosos têm e que foram adquiridas com o passar dos anos, como o diabetes, a obesidade e a hipertensão arterial.

Quando não controladas, podem prejudicar o funcionamento dos rins. Então, para não colocar em risco o funcionamento, é importante que os idosos tenham uma vida saudável, de modo que controlem o peso, o diabetes e a pressão do corpo por meio de uma boa alimentação e da prática de atividades físicas. Visitar o médico regularmente também é uma medida de prevenção. 

Diagnóstico e tratamento

É por meio de visitas regulares do idoso ao médico que será possível realizar o diagnóstico da doença renal crônica. Exames de rotina como o de urina e o de sangue, além da medição frequente da pressão arterial, são capazes de detectar irregularidades relacionadas ao funcionamento dos rins.

Se o diagnóstico de doença renal crônica for confirmado, dependendo da intensidade do problema, o especialista poderá encaminhar o idoso para tratamentos com medicamentos especiais, para impedir que os níveis de fósforo no sangue fiquem elevados; com inclusão de suplementos ou alimentos com ferro à dieta para suprir essa necessidade do organismo devido à transfusões sanguíneas; ou suplementos de cálcio e vitamina D.

Cuide-se sempre

Se o idoso fez aquele check-up anual e todos os exames estão em dia, o melhor caminho é continuar se cuidando para que nenhum problema de saúde seja desencadeado, inclusive com os rins. Para manter os rins em bom funcionamento, basta seguir alguns hábitos simples e saudáveis:

  • Beber bastante água todos os dias;

  • Controlar o diabetes;

  • Manter o peso saudável;

  • Evitar alimentos com excesso de sal;

  • Fazer atividade física regularmente;

  • Manter alimentação equilibrada;

  • Controlar a pressão arterial;

  • Ir ao médico regularmente.

Manter hábitos saudáveis de vida é bom para o pleno funcionamento dos rins e para a saúde de forma geral. Alimente-se bem, pratique atividades físicas e esteja em dia com os seus exames anuais. Assim, poderá viver bem e livre de qualquer problema de saúde. 

Crédito da imagem: Davizro - iStock

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

salto-de-desenvolvimento-como-identificar-se-o-bebe-esta-passando-por-um

Salto de desenvolvimento: como identificar se o bebê está passando por um?

Quer saber mais como identificar cada salto de desenvolvimento no seu pequeno? Confira algumas dicas que separamos nesse post!

dia-mundial-da-saude-bucal-4-dicas-para-cuidar-bem-do-seu-sorriso

Dia Mundial da Saúde Bucal: 4 dicas para cuidar bem do seu sorriso!

Preparamos quatro dicas incríveis para que você fique em dia com o seu sorriso e possa mantê-lo sempre lindo e saudável. Confira em nosso blog de hoje!

5-produtos-de-beleza-mais-usados-pelas-mulheres

5 produtos de beleza mais usados pelas mulheres

Hoje é um dia muito importante para todas as mulheres e a beleza está sempre no dia a dia delas. Selecionamos 5 produtos que não podem faltar para uma mulher!

5-exercicios-para-idosos-praticarem-em-casa

5 exercícios para idosos praticarem em casa

Selecionamos 5 exercícios fáceis para idosos, que podem ser praticados em casa durante esse período de isolamento social! Confira as dicas no post de hoje.

dia-internacional-da-sindrome-de-down

Dia Internacional da Síndrome de Down

Você sabia que a síndrome de Down não é uma doença, mas uma alteração genética que acontece devido a um erro na divisão celular do óvulo?

Veja Mais Postagens