Incontinência urinária: as causas desse problema em idosos


Há quem pense que a perda involuntária de urina seja um problema comum entre os idosos e que faz parte do processo natural de envelhecimento. Mas, pensar dessa forma é um engano. Isso porque a incontinência urinária é um problema que pode acontecer em pessoas de qualquer idade - mesmo que seja mais comum em idosos -, tem causas diferentes e específicas e, o mais importante, é possível de ser tratada.

Nesse texto, vamos falar sobre os motivos que levam os idosos a desenvolverem a incontinência urinária e quais as melhores formas de tratar esse problema, ajudando-os a terem sua autoestima recuperada. Confira.

Principais causas

Incontinência urinária é a perda involuntária de urina pela uretra. Um distúrbio capaz de afetar pessoas de todas as idades, sendo mais comum em mulheres e em pessoas a partir dos 50 anos.

Diferentemente do que muita gente pensa, não é um problema que faz parte do processo de envelhecimento. A incontinência urinária pode acontecer por diferentes motivos: 

  • Quando a musculatura dos esfíncteres ou do assoalho pélvico está comprometida;

  • Doenças que comprimem a bexiga; 

  • Obesidade; 

  • Tosse crônica de fumantes; 

  • Procedimentos cirúrgicos;

  • Tumores malignos ou benignos;

  • Bexigas hiperativas;

Entre outros fatores. 

No caso dos idosos, uma das causas da incontinência urinária pode estar associada a certas alterações do corpo que ajudam no aparecimento do problema. Idosos têm menos mobilidade e costumam circular com mais dificuldade, e o esforço que precisam realizar para se locomoverem quando têm de ir ao banheiro pode fazer com que não consigam segurar a urina. 

Além disso, é comum que, a partir de certa idade, a bexiga se torne hiperativa, ou seja, quando produz urina com maior frequência, aumentando o número de vezes das idas ao banheiro, inclusive à noite. 

Doenças como diabetes, infecções urinárias e insuficiência cardíaca também são capazes de afetar o funcionamento dos rins, contribuindo para que os idosos sintam vontade de urinar mais vezes durante a madrugada.

Como a incontinência urinária afeta a vida do idoso?

É importante ficar atento aos sinais. Se notar alguma mudança no comportamento e perceber que a pessoa está se afastando do convívio com entes queridos e das atividades que costuma fazer, fique alerta.

Isso porque o fato de não conseguir segurar a urina pode fazer com que sinta vergonha e prefira se isolar - podendo até ocasionar outros problemas, como a depressão.

Converse com o idoso, entenda o que está acontecendo e, se for preciso, agende uma consulta com um médico que poderá avaliá-lo e orientá-lo da melhor maneira.

Formas de tratamento

Se o médico constatar que o idoso sofre com a incontinência urinária, será dado início ao tratamento que varia conforme a manifestação do problema.

De forma geral, algumas mudanças de comportamento serão necessárias na rotina do idoso para conter o problema:

  • Urinar em intervalos regulares de modo que a bexiga fique vazia;

  • Evitar bebidas estimulantes, como as que contêm cafeína;

  • Urinar com a ajuda de compressão manual no abdômen inferior;

  • Uso de absorventes, fraldas ou roupas íntimas específicas para incontinência urinária;

  • Tratamento com medicamentos;

  • Cirurgia, em casos graves. 

Além disso, a higienização do idoso com incontinência urinária deve ser feita com eficiência, para que não surjam infecções por conta da umidade excessiva da região. Também é interessante que o idoso acostume a ir ao banheiro esvaziar a bexiga logo depois que beber qualquer tipo de líquido ou mesmo antes de sentir vontade de urinar. 

Como você pode ver, a incontinência urinária é um problema que tem solução e que não pode interferir na rotina e no convívio social. Fique atento aos sinais e busque por orientação médica se necessário. 

Crédito da imagem: Satjawat Boontanataweepol - iStock

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

5-exercicios-para-idosos-praticarem-em-casa

5 exercícios para idosos praticarem em casa

Selecionamos 5 exercícios fáceis para idosos, que podem ser praticados em casa durante esse período de isolamento social! Confira as dicas no post de hoje.

salto-de-desenvolvimento-como-identificar-se-o-bebe-esta-passando-por-um

Salto de desenvolvimento: como identificar se o bebê está passando por um?

Quer saber mais como identificar cada salto de desenvolvimento no seu pequeno? Confira algumas dicas que separamos nesse post!

dia-mundial-da-saude-bucal-4-dicas-para-cuidar-bem-do-seu-sorriso

Dia Mundial da Saúde Bucal: 4 dicas para cuidar bem do seu sorriso!

Preparamos quatro dicas incríveis para que você fique em dia com o seu sorriso e possa mantê-lo sempre lindo e saudável. Confira em nosso blog de hoje!

5-produtos-de-beleza-mais-usados-pelas-mulheres

5 produtos de beleza mais usados pelas mulheres

Hoje é um dia muito importante para todas as mulheres e a beleza está sempre no dia a dia delas. Selecionamos 5 produtos que não podem faltar para uma mulher!

dia-internacional-da-sindrome-de-down

Dia Internacional da Síndrome de Down

Você sabia que a síndrome de Down não é uma doença, mas uma alteração genética que acontece devido a um erro na divisão celular do óvulo?

dia-mundial-do-rim-por-que-sao-importantes-e-como-cuidar-deles

Dia Mundial do Rim: por que são importantes e como cuidar deles?

Hoje é celebrado o Dia Mundial do Rim, por isso separamos algumas informações para ajudar você a mantar sua saúde em dia. Fique sabendo!

Veja Mais Postagens