Aromaterapia: quais benefícios ela traz para os idosos?


Principalmente conforme envelhecemos, é comum que questões como a ansiedade, depressão e mal-estar apareçam com mais frequência. Claro que buscar ajuda médica é importantíssimo para tratá-las, mas as terapias alternativas também ajudam nesse sentido.

A aromaterapia, por exemplo, proporciona bem-estar por meio do uso de óleos essenciais, aproveitando a ligação entre o sentido do olfato com os sentimentos. Cheiros agradáveis acalmam e nos coloca em um estado de espírito mais positivo. Confira alguns benefícios que essa terapia traz para os idosos:

  • Alivia sintomas de ansiedade, insônia, depressão, asma ou resfriado;

  • Promove bem-estar físico;

  • Fortalece o sistema imunológico.

Aromaterapia e a imunidade

Os óleos essenciais há tempos se apresentam como uma solução natural na prevenção e combate à várias doenças virais, bacterianas e parasitárias. Cientistas e pesquisadores de várias partes do mundo reconhecem os benefícios das ações terapêuticas deles. 

Segundo o cientista Fabián László, estudos demonstram invitro e invivo o potencial para debelar, neutralizar ou até mesmo matar vírus da Herpes, Influenza e até mesmo o Ebola. “Os vírus são muito sensíveis às moléculas aromáticas. Algumas doenças virais são visivelmente melhoradas graças a elas”, avalia.

Outros óleos essenciais como cravo da índia, canela, bergamota e tea tree também demonstraram, em testes de inibição via aérea, o poder de neutralizar o vírus H1N1, igualmente agressivo e causador de doenças respiratórias. “Se nos apoiarmos na ciência, vamos entender os benefícios desses óleos. O óleo de Cravo da Índia estimula ainda o sistema imunológico, um recurso interessante para preparar o organismo para enfrentar possíveis infecções”, acrescenta Fabián

Tratam-se de recursos naturais, já amplamente conhecidos da população, sem efeitos colaterais. “Até que novos estudos nos direcione para uma solução efetiva, entendo que esses óleos essenciais poderiam ser de grande utilidade”, enfatiza.

O especialista ainda alerta que essas alternativas têm o papel de complementar e não substituir os tratamentos oferecidos em hospitais e sugeridos pelas autoridades de saúde. Mas, podem ser grandes aliados, por exemplo, para quem está com os sintomas da gripe e precisa ficar em isolamento. 

“É uma forma de potencializar os cuidados e proteger ainda mais toda a família. As gotas dos óleos podem ser usadas em máscaras, para potencializar o álcool gel ou em nebulizadores”, finaliza.

Para que serve cada óleo essencial?

Alecrim: possui ação antisséptica, muito bom para pessoas que sofrem com pressão baixa, ajuda a aumentar a concentração, melhorar a memória e aliviar o cansaço mental;

Ylang ylang: extremamente relaxante, essa opção é indicada para pessoas que têm pressão alta e ajuda a aliviar sintomas de estresse, além de contribuir para dor de cabeça, ansiedade e náuseas;

Melaleuca: além de ajudar a cicatrizar machucados e esfoliações, o aroma da melaleuca traz uma grande sensação de bem-estar, aliviando sintomas de ansiedade, depressão e estresse;

Lavanda: usada há séculos, por causa do seu cheiro característico e propriedades calmantes, esse óleo essencial é muito aplicado para alívio do estresse, problemas respiratórios, insônia entre outros;

Eucalipto: muito conhecido por ajudar com os problemas respiratórios, também reduz a tensão muscular, dores de cabeça e musculares e febre;

Sândalo: sua ação calmante é ótima para acalmar a libido, o estresse, tensão muscular e dores no peito;

Limão: o aroma dessa fruta cítrica é energizador, oferece mais concentração, fortalece o sistema imune e ajuda o sistema digestivo a funcionar melhor.

Gostou das dicas? Apesar de serem óleos, é fundamental usá-los sempre com orientação de um profissional especializado!

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

5 principais doenças de pele, cabelos e unhas comuns entre as crianças no verão

Crianças não estão imunes a doenças de pele, cabelo e unhas que costumam atingi-las principalmente no verão. Saiba quais são no post de hoje!

Dicas para educar seu filho respeito e empatia, sem tapas e gritos

Educar os filhos não é uma tarefa fácil, mas deve ser feita sem o uso da violência, seja física ou verbal. Confira sugestões que separamos especialmente!

Brancos e lindos: saiba como cuidar dos cabelos grisalhos

Sabia que alguns cuidados especiais são importantes para manter os cabelos grisalhos sempre lindos? Confira algumas dicas especiais que trouxemos hoje!

5 condições que podem causar irritação vaginal

Para as mulheres, é fundamental ter atenção e uma série de cuidados com a saúde íntima. Saiba mais sobre o que pode causar irritação íntima.

Check-up: você já fez o seu?

Estamos no início do ano, um período ótimo para organizar a vida, as pendências e agendar aquela consulta médica para fazer um check-up completo!

Saiba quais atividades físicas são indicadas para cada fase do ciclo menstrual

O ciclo menstrual é marcado por diferentes flutuações hormonais. Confira algumas dicas de atividades para cada um deles!

Veja Mais Postagens