Sexualidade e idosos: sem tabus!


Sexo não deve ser visto como “coisa de gente mais nova”, afinal ele traz muitos benefícios para a saúde física e mental em qualquer idade. Mesmo assim, a sexualidade dos idosos tornou-se um assunto cheio de tabus e preconceitos, que são reforçados por aqueles mitos de uma “velhice assexual” e dificultam a discussão desse assunto nessa fase da vida.

A Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) incentiva os pacientes idosos a incluir esse aspecto em suas vidas. As mudanças fisiológicas que ocorrem no corpo com o passar dos anos, como a redução de lubrificação vaginal nas mulheres e o declínio da intensidade do orgasmo nos homens torna a relação diferente, porém não menos importante.

Vale ressaltar que sexualidade não é reduzida somente ao ato em si, também engloba outros aspectos como tom de voz, beijo, toque e cheiros. A Universidade de Medicina de Harvard fez uma lista com algumas dicas essenciais para garantir uma atividade sexual saudável. Confira!

Tenha calma 

Conforme o corpo envelhece é comum que as respostas sexuais fiquem mais lentas, fique tranquilo. Busque um local quieto, confortável, onde não possam ser interrompidos. Trabalhar essas necessidades físicas é uma ótima forma de abrir portas para novas vivências sexuais.

Uso de lubrificantes

Normalmente, o ressecamento da vagina, que começa na perimenopausa, é facilmente corrigido com lubrificantes. Mas é importante consultar o médico para descobrir a causa e verificar qual o produto mais indicado. 

Mantenha o afeto físico

Por mais que esteja cansado, tenso ou chateado com algum problema, beijar e fazer carinho é fundamental para a manutenção de uma conexão emocional e física.

Pratiquem tocar

Existem técnicas de contato sensorial que diversos terapeutas utilizam para reestabelecer a intimidade física. Muitos livros e vídeos educacionais oferecem variações desses exercícios. Pergunte para seu/sua parceiro(a) de qual forma ele(a) gosta de ser tocado(a). 

Discuta as fantasias

Isso auxilia, principalmente, pessoas que estão com a libido em baixa. Tente pensar em possíveis atividades que podem dar uma apimentada na relação ou fale com seu/sua parceiro(a) sobre filmes e experiências que funcionam para você.

Faça exercícios de Kegel

Criados na década de 40, pelo ginecologista Arnold Kegel, depois de perceber que a incontinência urinária tinha uma relação com a musculatura da região pélvica. O exercício constitui uma contração do assoalho pélvico em um movimento de prender a urina e fezes. 

Tanto homens quanto mulheres podem melhorar sua condição física com os exercícios de Kegel. A vantagem é que é possível fazê-los em qualquer lugar, enquanto dirige, sentado na mesa ou na fila do supermercado. Fale com seu médico ou um terapeuta especializado e conheça mais a respeito dessas atividades. 

Pesquise

Atualmente, há muitos materiais de autoajuda para problemas sexuais. Procure na internet ou na livraria mais próxima e escolha alguns materiais que façam sentido com a sua rotina e use-os para ajudar você e o seu/sua parceiro(a) a estar mais por dentro do problema. Se falar diretamente for muito difícil, podem destacar as passagens que gostam e mostrar um para o outro.

Relaxe

Atividades relaxantes antes de fazer sexo, como jogar algo ou um jantar romântico delicioso, são boas dicas para um aproveitamento melhor do momento. Além disso, é possível tentar métodos de relaxamento como respirações profundas ou yoga.

Use um vibrador

Esse aparelho serve para a mulher aprender mais sobre si mesma e seus gostos e, ainda, mostrar para seu parceiro suas preferências.

Não desista!

Se nenhum dos seus esforços parece estar funcionando, não perca a esperança. Seu médico pode ajudar a estabelecer a causa de disfunções sexuais e te ajudar em relação aos tratamentos disponíveis. 

Proteção sempre

Por mais que seja importante manter sua sexualidade em dia, as IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis) ainda podem ser contraídas. Por isso, use preservativos!

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

Semana Mundial da Amamentação e a importância do leite materno

Seus principais objetivos são: promover, incentivar e motivar o aleitamento materno por meio do aumento ao acesso às informações sobre o assunto.

Dores no inverno? Veja dicas para diminuí-las durante a estação

A mudança de temperatura realmente causa desconforto, tanto muscular quanto articular, ainda mais depois de uma certa idade na qual esses problemas pioram.

Deixar o cabelo preso por muito tempo pode trazer problemas?

Manter os cabelos presos pode ser uma alternativa muito mais prática para evitar incômodos. Mas, o penteado tem suas desvantagens.

Os quatro meses do bebê. O que esperar?

Dando continuidade na nossa série sobre o desenvolvimento dos bebês, chegamos ao quarto mês. Confira as transformações dessa fase!

Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais: tudo que você precisa saber sobre a doença

Como forma de aumentar a conscientização sobre essa doença ao redor do mundo, em 2010 a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou a data..

Nada basiquinha: o colorido veio para dominar o olhar!

Chega daquele esfumado tradicional, a moda agora é apostar em sombras coloridas e formatos diferentes para destacar e tornar seu rosto uma obra de arte.

Veja Mais Postagens