Parkinson: o avanço da tecnologia no tratamento


No Brasil, estima-se que cerca de 200 mil pessoas sofram com a doença de Parkinson, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Parkinson foi descoberto em 1817 e é uma doenças mais comuns quando falamos de problemas neurológicos. A ciência ainda não conseguiu chegar a cura, mas há tratamentos que ajudam na qualidade de vida do paciente. 

O que é a doença de Parkinson?

O Parkinson se desenvolve em uma área do cérebro conhecida por “substância negra” em que as células passam a morrer de forma progressiva. Dessa maneira, com a falta dos neurônios, o corpo passa a ter tremores, movimentos involuntários e lentidão. 

Entre os outros sintomas dessa doença estão a instabilidade na postura, diminuição do olfato, transtornos do sono, dificuldade para se movimentar, mudanças no intestino e até depressão.

Causas

A principal causa é a morte das células de substância negra, mas além disso, está também o fator genético. O Parkinson costuma afetar as pessoas acima dos 60 anos, devido ao desenvolvimento da idade, mas pode ocorrer em indivíduos mais jovens a partir dos 40.

Diagnóstico

Para a realização do diagnóstico é feito uma avaliação de saúde do histórico do paciente. Depois, são solicitados alguns exames neurológicos, como a cintilografia cerebral ou a ultrassonografia da substância negra.

Tratamento para a doença de Parkinson

Após a confirmação do diagnóstico, o tratamento do Parkinson é feito com a utilização de medicamentos com o objetivo de reduzir os sintomas.

Dependendo do grau, o  médico também pode recomendar fisioterapia e outros programas terapêuticos como alongamento e exercícios leves.

Já em casos mais avançados, nos quais a pessoa não responde aos medicamentos, há possibilidade da realização de procedimento cirúrgico. 

A mais nova tecnologia que envolve o tratamento do Parkinson é a “Neuroestimulação Profunda do Encéfalo”. Nesse procedimento são colocados eletrodos no cérebro, de acordo com o quadro do paciente. 

Esses eletrodos são ligados em uma bateria que fica alojada dentro da cabeça como se fosse um marca-passo. Mesmo sendo uma bateria, o tempo de manutenção é grande. Elas podem durar até nove anos, assim evita-se aumentar o número de intervenções cirúrgicas.  

Após a realização do procedimento, a diferença logo passa a ser sentida nos movimentos, proporcionando bem-estar ao indivíduo.

O Parkinson infelizmente é uma doença que ainda não possui cura, mas com a ajuda da tecnologia e dos medicamentos consegue-se prolongar a vida do paciente proporcionando mais qualidade de vida.  

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

salto-de-desenvolvimento-como-identificar-se-o-bebe-esta-passando-por-um

Salto de desenvolvimento: como identificar se o bebê está passando por um?

Quer saber mais como identificar cada salto de desenvolvimento no seu pequeno? Confira algumas dicas que separamos nesse post!

dia-internacional-da-sindrome-de-down

Dia Internacional da Síndrome de Down

Você sabia que a síndrome de Down não é uma doença, mas uma alteração genética que acontece devido a um erro na divisão celular do óvulo?

5-produtos-de-beleza-mais-usados-pelas-mulheres

5 produtos de beleza mais usados pelas mulheres

Hoje é um dia muito importante para todas as mulheres e a beleza está sempre no dia a dia delas. Selecionamos 5 produtos que não podem faltar para uma mulher!

dia-mundial-da-saude-bucal-4-dicas-para-cuidar-bem-do-seu-sorriso

Dia Mundial da Saúde Bucal: 4 dicas para cuidar bem do seu sorriso!

Preparamos quatro dicas incríveis para que você fique em dia com o seu sorriso e possa mantê-lo sempre lindo e saudável. Confira em nosso blog de hoje!

5-exercicios-para-idosos-praticarem-em-casa

5 exercícios para idosos praticarem em casa

Selecionamos 5 exercícios fáceis para idosos, que podem ser praticados em casa durante esse período de isolamento social! Confira as dicas no post de hoje.

dia-mundial-do-rim-por-que-sao-importantes-e-como-cuidar-deles

Dia Mundial do Rim: por que são importantes e como cuidar deles?

Hoje é celebrado o Dia Mundial do Rim, por isso separamos algumas informações para ajudar você a mantar sua saúde em dia. Fique sabendo!

Veja Mais Postagens