Tudo o que você precisa saber sobre a higienização de mamadeiras

Se não forem limpos e esterilizados da maneira correta, os bicos de chupetas e mamadeiras podem abrigar uma legião de bactérias e fungos. Como o sistema imunológico dos bebês ainda está em formação, eles são mais frágeis e suscetíveis a adquirir infecções e doenças em comparação aos adultos. 

Por isso, a higienização adequada é fundamental antes de oferecer chupetas e mamadeiras para os recém-nascidos. Confira algumas dicas para eliminar os germes.

Limpeza das garrafas

Tanto a mamadeira quanto o bico, tampa e todo tipo de material utilizado para preparar a alimentação do bebê devem ser limpos cuidadosamente após o uso. Além de eliminar os vestígios de leite ou fórmula das garrafas, isso também garante que o equipamento esteja livre de fungos e bactérias. 

Assim que a criança terminar de mamar, lave a mamadeira, o bico e a tampa em água quente com sabão. Utilize uma escova própria para mamadeiras para retirar todo o restante de leite preso no fundo e laterais e, depois de limpo, enxague bem com água fresca e deixe secar.

Esterilização e higienização de mamadeiras

Já a esterilização é fundamental antes de cada uso por, pelo menos, os primeiros 12 meses de vida do bebê ou quando entrarem em contato com superfícies sujas como o chão. Esse processo envolve matar os germes que se “agarraram” à superfície da mamadeira e pode ser feito de três diferentes maneiras: 

Na panela com água fervente

Esse é o método mais tradicional, afinal, pode ser feito sem nenhum acessório específico. Para esse processo, deve-se incluir a mamadeira, o bico e a chupeta dentro da panela e cobrir com água, levando ao fogo médio até levantar fervura. Após ferver, deixe as peças no fogo por 5 a 10 minutos e coloque para secar naturalmente em cima de um papel toalha. 

O ideal é não utilizar panos de cozinha, pois esses podem conter micro-organismos e causar alguma contaminação, além de soltarem fiapos. 

No micro-ondas

Muito parecido com o processo anterior, esse tipo de esterilização envolve mergulhar as peças na água também, porém ao invés de utilizar uma panela, a mamadeira, bico e tampa devem ser inseridos em uma tigela de vidro ou plástico próprios para micro-ondas.

O pote deve ficar por cerca de 8 minutos na potência máxima do eletrodoméstico ou pelo tempo recomendado pelo fabricante. Assim que finalizar, os utensílios devem ser deixados para secar naturalmente em cima do papel toalha.

No esterilizador 

Já o esterilizador é um aparelho próprio para isso. O seu efeito é o mesmo da panela e do pote, com a diferença de que ele degrada menos os utensílios, prolongando a vida útil. Existem dois modelos: os elétricos e aqueles para utilização no microondas.

O procedimento deve ser feito de acordo com as orientações do fabricante, incluídas na própria caixa do produto. Normalmente, o procedimento leva cerca de 7 a 8 minutos e as peças podem ser deixadas para secar no próprio equipamento.

Cuidados na higienização de mamadeiras

Agora que você ficou por dentro das maneiras de limpeza e esterilização, é necessário ficar atenta a algumas práticas recomendadas para a higienização de mamadeiras:

  • Não lave com sabão em pó porque esse produto pode deixar resquícios e sabor nos recipientes;
  • Não seque a mamadeira e chupeta com pano, pois o bebê pode engolir os fiapos;
  • Não guarde os objetos molhados ou úmidos, isso facilita a proliferação de fungos;
  • Não deixe-os de molho somente com água durante a noite porque não será suficiente para a higienização;
  • Não deixe líquidos quentes sem vigilância ou ao alcance de crianças;
  • Lave bem as mãos antes de manusear os equipamentos que foram esterilizados;
  • Fique atenta, pois o vapor e a água quente podem queimá-la.


Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!