Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil


O câncer é um problema que também pode afetar as crianças. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 12 mil novos casos são registrados por ano no Brasil. 

Com o objetivo de conscientizar os pais e responsáveis sobre o diagnóstico precoce da doença, aumentando as chances de cura dos pequenos, é comemorado em 15 de fevereiro o Dia Internacional de Luta contra o Câncer Infantil.

Ao promover a data e realizar a campanha em todo o mundo, a Iniciativa Global contra o Câncer Infantil da Organização Mundial da Saúde (OMS) pretende eliminar toda a dor e sofrimento das crianças que lutam contra o câncer, alcançando pelo menos 60% de sobrevivência para os pequenos com câncer até 2030.

Como alerta aos pais, queremos fazer a nossa parte divulgando informações sobre o tema. Nesse texto, falaremos sobre o câncer infantojuvenil, a importância do diagnóstico precoce e os tipos mais comuns. Confira.

O câncer infantojuvenil

O câncer pode atingir todas as pessoas, inclusive as crianças. Mas, no caso dos pequenos, a doença possui características diferentes quando comparadas à condição que atinge os adultos. 

Em uma criança, as células podem se multiplicar rapidamente e de forma desordenada, porque as células que sofrem a mutação no material genético não conseguem amadurecer. Por causa disso, é muito mais fácil que nas crianças um tumor se manifeste mais rápido e se espalhe de maneira mais acelerada. 

Por outro lado, as crianças costumam responder melhor ao tratamento do câncer do que os adultos, tendo cerca de 80% de chances de cura quando realizado corretamente.

Em todo o mundo, mais de 250 mil crianças e adolescentes menores de 20 anos são diagnosticados com câncer. 

Diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce é fundamental para o câncer infantojuvenil. Quanto mais cedo a doença for identificada pelo médico, mais tempo haverá para que o tratamento seja começado e combatida a doença.

O desenvolvimento do câncer infantojuvenil está relacionado a fatores ambientais e ao estilo de vida da criança. Alguns sinais e sintomas que a criança pode manifestar:

  • Perda de peso;

  • Vômitos pela manhã;

  • Dor de cabeça;

  • Febre recorrente;

  • Palidez;

  • Cansaço prolongado;

  • Dor nos ossos ou articulações;

  • Protuberância no abdômen, pescoço ou articulações;

  • Hematomas ou sangramentos.

Ao perceber que seu filho apresenta algum desses sinais, leve ele ao médico para uma avaliação e diagnóstico. Quanto mais rápido for iniciado o tratamento, mais chances a criança terá de vencer o câncer.

Tipos mais comuns 

Alguns tipos de câncer costumam atingir as crianças com mais frequência. Saiba quais são e suas principais características.

Leucemia

A leucemia é o câncer mais frequente entre as crianças, principalmente entre as que têm de 2 a 5 anos de idade. A doença atinge a medula óssea e o sangue, podendo causar dores nas articulações, fadiga, fraqueza, sangramento, febre, perda de peso entre outros. O tratamento é feito com sessões de quimioterapia e tem início logo após a confirmação do diagnóstico e pode durar até dois anos. 

Linfoma

O linfoma é um tipo de câncer que começa nos linfócitos - as células que fazem parte do sistema imunológico - e costumam afetar os gânglios linfáticos e os tecidos linfáticos. Existem dois tipos de linfoma: os linfomas de Hodgkin (comum entre adolescentes) e os linfomas não Hodgkin (comum entre crianças de 4 a 12 anos), que atingem qualquer parte do corpo, principalmente tórax e abdômen. 

Sintomas como perda de peso, febre, suor excessivo e fraqueza são comuns na criança afetada por um linfoma. O tratamento é feito com quimioterapia e as chances de cura são de 70% para os casos em que o diagnóstico é feito no estágio inicial da doença. 

Tumores cerebrais

Os tumores cerebrais correspondem a células alteradas que se desenvolvem em diferentes partes do cérebro. Este é o segundo tipo mais comum de câncer em crianças, representando cerca de 26% dos casos. 

Os sintomas variam de acordo com a área em que o tumor está localizado no cérebro. Mas, podem ser sintomas comuns o choro excessivo da criança, sonolência, náuseas, vômitos, tontura, dores de cabeça e desânimo. 

Agora que você conhece alguns dos principais sintomas do câncer infantojuvenil, fique atento ao seu filho e busque por orientação médica o mais rápido possível para que as chances de cura sejam maiores.

Crédito da imagem: FatCamera - iStock

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

5 produtos de beleza mais usados pelas mulheres

Hoje é um dia muito importante para todas as mulheres e a beleza está sempre no dia a dia delas. Selecionamos 5 produtos que não podem faltar para uma mulher!

Dia Mundial da Saúde Bucal: 4 dicas para cuidar bem do seu sorriso!

Preparamos quatro dicas incríveis para que você fique em dia com o seu sorriso e possa mantê-lo sempre lindo e saudável. Confira em nosso blog de hoje!

Salto de desenvolvimento: como identificar se o bebê está passando por um?

Quer saber mais como identificar cada salto de desenvolvimento no seu pequeno? Confira algumas dicas que separamos nesse post!

Dia Mundial do Rim: por que são importantes e como cuidar deles?

Hoje é celebrado o Dia Mundial do Rim, por isso separamos algumas informações para ajudar você a mantar sua saúde em dia. Fique sabendo!

Dia Internacional da Síndrome de Down

Você sabia que a síndrome de Down não é uma doença, mas uma alteração genética que acontece devido a um erro na divisão celular do óvulo?

5 exercícios para idosos praticarem em casa

Selecionamos 5 exercícios fáceis para idosos, que podem ser praticados em casa durante esse período de isolamento social! Confira as dicas no post de hoje.

Veja Mais Postagens