Desfralde: dicas certeiras para tirar seu filho das fraldas!

Um dos maiores marcos na vida das crianças e dos pais é o desfralde. Nem sempre é uma missão fácil, pois a criança precisa ter controle total do esfíncter, estrutura que ajuda a segurar ou soltar as necessidades, o que normalmente ocorre com 1 ano e meio.

Por isso, preparamos algumas dicas para te ajudar nessa etapa!

O tempo certo do desfralde

Cada criança tem o momento certo para passar por essa etapa e ela começa a dar uma série de sinais que você pode observar com atenção. Fique de olho para:

Aspectos físicos

  • Anda e fica em pé com bastante equilíbrio e firmeza;
  • Tem horário certo para fazer cocô e se movimenta de forma característica, como abaixar ou ficar em um cantinho;
  • As fezes ficam mais sólidas;
  • Não faz mais xixi de pouco em pouco, liberando grandes quantidades de uma vez;
  • Passa grandes intervalos sem fazer nenhuma necessidade (indica que já tem controle do esfíncter e da bexiga).

Aspectos cognitivos

  • Tem capacidade de entender e obedecer comandos básicos;
  • Sabe que algumas ações e comportamentos têm lugar e momento para acontecer;
  • Entende o que são as necessidades e as chama por seus respectivos nomes;
  • Identifica que o banheiro é lugar de higiene pessoal;
  • Reconhece sinais do próprio corpo de quando precisa usar o banheiro e consegue avisar os pais.

Aspectos comportamentais

  • Fica sentado em uma posição por um período de 2 a 5 minutos;
  • Consegue levantar ou abaixar as calças sem precisar de ajuda;
  • Se sente incomodado com a fralda suja;
  • Tem curiosidade de observar os pais ou cuidadores em seus hábitos de higiene diários;
  • Demonstra sua vontade de ir ao banheiro por meio de feição, ações ou fala;
  • Quer ser mais independente e construir autonomia;
  • Está com vontade de usar a privada ou o penico e não mostra resistência.

Preste atenção em seu pequeno, se ele começar a exibir esses sinais, aproveite para começar o processo. 

Apresente o banheiro e o penico

Uma das primeiras coisas a fazer quando iniciar o processo de desfralde é levar a criança no banheiro e apresentar cada um dos aparatos que estão lá e para que servem. Deixe que veja a mãe e o pai usando a privada, para notar as diferenças na maneira de usar e explicar porque são diferentes.

Muitos especialistas recomendam o penico, pois os pequenos se sentem mais seguros e conseguem usar sozinhos. Porém, outra boa opção é o adaptador para vaso sanitário, já que tem a praticidade de não precisar lavar. 

Se optar pelo penico, mostre para a criança que é um lugar dele e para ele.. Em seguida, com calma, sugira que ele experimente usar para fazer uma necessidade, mas não se assuste se ele estranhar. Não force, apenas incentive!

Acidentes acontecem

Principalmente nessa fase, você tem que estar ciente que acidentes acontecem. É comum que eles façam xixi ou cocô nas calças em situações imprevistas, como festas ou locais públicos. Se isso acontecer, não dê broncas ou coloque de castigo. Isso pode causar traumas e atrasar ainda mais o processo. 

No entanto, se ele pedir e esperar para ir ao banheiro do jeito certo, faça festa e parabenize-o! É importante receber essa valorização e passar confiança.

Peça ajuda da escola

Informar e pedir auxílio à escola da criança é fundamental, principalmente para fazer atividades que falem sobre os aspectos emocionais e comportamentais do desfralde. Se os professores estiverem sabendo que os alunos estão passando por essa etapa, conseguem oferecer diversas idas ao banheiro ao longo do dia para criar o costume de pedir quando quiserem usá-lo

Esses passos são essenciais para passar pelo desfralde de forma tranquila. Depois, comente como foi para você desfraldar o seu filho!


Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!