5 dicas de como incentivar a criançada a comer melhor!


Os pais e/ou responsáveis sabem muito bem que a hora das refeições pode ser um momento de estresse se a criança não gosta muito de comer, prefere se divertir com os alimentos ou simplesmente se recusa a colocar na boca determinado tipo de comida.

Mas, calma! As coisas não precisam ser assim. Seja no almoço ou no jantar, alguns estímulos podem ajudar a criançada a se interessar mais pelos alimentos saudáveis, tornando a hora da refeição mais interessante, divertida e gostosa para os pequenos - e mais tranquila para os pais. 

Confira 5 dicas que podem ser bastante úteis para incentivar as crianças a comerem melhor, sem causar dor de cabeça para ninguém.

1- Torne a refeição um momento agradável

Se é de diversão que o seu filho gosta, que tal transformar a hora de comer em uma das mais legais do dia dele? Quando for preparar o prato, deixe ele o mais colorido possível, misturando o feijão com a cenoura e a abobrinha, por exemplo. Você também pode tentar criar algumas figuras no prato, utilizando os alimentos.

Apostar em cortes variados, servir vegetais com um molho gostoso ou mesmo oferecer à criança no jantar os itens do café da manhã que ela mais gosta pode ser uma maneira de fazer com que ela se interesse pela refeição e se mantenha alimentada. 

Quer mais uma dica? Deixe a criança montar o próprio prato, escolhendo o que quer comer entre as opções disponíveis e acomodando cada alimento. Ajude-a somente no caso de ter colocado muita ou pouca coisa no prato.

2- Convide a criança a colocar a mão na massa

Imagine só a carinha do seu filho ou filha quando você perguntar se ele quer te ajudar a preparar o almoço do dia? De acordo com especialistas, o contato com o alimento desperta na criança uma curiosidade de sensações que repercute de forma positiva no apetite. 

Esse auxílio pode ser simples, como pedir à criança para que ela descasque uma fruta, se ela já tiver idade para isso; separar as porções dos alimentos em diferentes panelas; ajudar a escolher os alimentos no mercado ou na feira e lave as frutas e os vegetais quando já estiverem em casa, opções não faltam.

Se quiser tentar incluir a criança em um preparo mais elaborado para a sua idade - e fazer com que ela se orgulhe de comer o alimento feito por ela -, que tal adquirir um livro de receita infantil? Os preparos costumam ser adequados para cada idade e esse será mais um momento de interação entre pais e filhos.

3- Evite distrações na hora de comer

Por mais difícil que seja prender a atenção da criança ao ato de comer, o recomendado é evitar deixar a televisão ligada, olhar o celular durante a refeição ou qualquer tipo de jogo. No caso da TV, por exemplo, propagandas de outros alimentos podem fazer com que o pequeno se interesse por comidas menos nutritivas do que aquelas preparadas em casa.

Se for possível, reúna toda a família na hora do almoço ou do jantar. A interação proporcionada por esses momentos ajuda a melhorar a autoestima da criança, pois trabalha seus hormônios da felicidade, sem contar que são favoráveis na missão de fazer com que o pequeno se alimente mais e melhor. 

4- Não ofereça recompensas pela comida

Ao oferecer doces para que a criança coma certos alimentos que ela não gosta muito, pode dar a sensação de que os doces são muito melhores do que a comida em si, além, claro, de aumentar o consumo de açúcar, o que não é indicado. 

Ao invés de fazer essa troca, que tal motivar o seu filho a continuar descobrindo novos sabores a cada dia? Até mesmo escolher um dia da semana para que ele se sirva de uma sobremesa saudável, como iogurte ou frutas. 

5- Dê o exemplo

Não adianta ficar triste e ter momentos de tensão durante as refeições porque a criança não quer comer bem, se os próprios pais não dão o exemplo. 

Selecione alimentos variados e saudáveis e mostre-os à criança quando estiver preparando o seu prato. Fale sobre as características desses alimentos enquanto estiverem comendo, usando a criatividade: que tal contar histórias usando os alimentos como personagens?

Quanto mais a criança puder se espelhar no exemplo dos pais durante a alimentação, maiores são as chances dela se interessar pela comida e querer se alimentar bem e com a família. 

Aproveite as nossas dicas para melhorar a alimentação do seu filho e tornar a hora de comer um momento ainda mais prazeroso. Esteja presente, incentive a criança a conhecer os alimentos e saber, desde cedo, como a alimentação saudável faz bem para a saúde.

Crédito da imagem: gpointstudio - iStock

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

Dia Mundial do Rim: por que são importantes e como cuidar deles?

Hoje é celebrado o Dia Mundial do Rim, por isso separamos algumas informações para ajudar você a mantar sua saúde em dia. Fique sabendo!

Dia Internacional da Síndrome de Down

Você sabia que a síndrome de Down não é uma doença, mas uma alteração genética que acontece devido a um erro na divisão celular do óvulo?

Salto de desenvolvimento: como identificar se o bebê está passando por um?

Quer saber mais como identificar cada salto de desenvolvimento no seu pequeno? Confira algumas dicas que separamos nesse post!

5 produtos de beleza mais usados pelas mulheres

Hoje é um dia muito importante para todas as mulheres e a beleza está sempre no dia a dia delas. Selecionamos 5 produtos que não podem faltar para uma mulher!

5 exercícios para idosos praticarem em casa

Selecionamos 5 exercícios fáceis para idosos, que podem ser praticados em casa durante esse período de isolamento social! Confira as dicas no post de hoje.

Dia Mundial da Saúde Bucal: 4 dicas para cuidar bem do seu sorriso!

Preparamos quatro dicas incríveis para que você fique em dia com o seu sorriso e possa mantê-lo sempre lindo e saudável. Confira em nosso blog de hoje!

Veja Mais Postagens