Climatério e menopausa: você sabe a diferença?


Você já ouviu falar em menopausa, mas e climatério? A palavra pode soar estranha, mas existe e faz parte da vida feminina. As duas podem ser até confundidas pelos sintomas, mas são diferentes. 

A menopausa ocorre quando chega ao final o ciclo reprodutivo da mulher, a última menstruação. O climatério consiste em vários indícios que surgem antes e até depois da menopausa. 

Conheça mais sobre as duas situações e quais seus sinais.

Sintomas 

O climatério surge antes da menopausa, marcando a transição do período reprodutivo da mulher para o fim da menstruação, sendo também o resultado das variações hormonais que ocorrem no corpo feminino até a chegada da menopausa. 

Entre as indicações que demonstram sua presença estão:

  • Sudorese;

  • Episódios súbitos de sensação de calor na face, pescoço e parte superior do tronco;

  • Palpitações;

  • Vertigem;

  • Cansaço.

Com relação à menopausa, as manifestações são diferentes, como:

  • Desregulação do ciclo menstrual;

  • Redução da libido junto a secura vaginal;

  • Mudanças constantes de humor;

  • Fadiga;

  • Irritabilidade;

  • Ansiedade;

  • Depressão.

Diagnóstico 

Quando a mulher passa a sentir qualquer um dos sintomas, é hora de marcar uma consulta com o médico, nesse caso o ginecologista ou endocrinologista dependendo da idade.

Para diagnosticar o climatério, são necessários alguns exames, como laboratoriais de sangue e de rotina como o papanicolau e ultrasom transvaginal. Com relação à menopausa, o diagnóstico só consegue ser confirmado após 12 meses que a paciente passe sem menstruar. 

Tratamento

Concluído o diagnóstico do climatério ou de menopausa, o tratamento é bem parecido. Na grande maioria dos casos para tratar, prevenir os sintomas e ter uma vida melhor, a prática da atividade física junto a uma boa alimentação é a chave para isso.

Para algumas mulheres, a reposição hormonal também é recomendada para a diminuição dos sinais. Mas, vale lembrar que nem todas as pacientes podem fazer a reposição, casos em que há câncer de mama na família impedem a realização desse tratamento, por isso é necessário a análise de cada quadro clínico.

Alguns especialistas ainda indicam, dependendo da situação, o uso de antidepressivos e ansiolíticos, para os sintomas que envolvem as oscilações de humor.

--

Se você sentir algum dos sintomas, seja do climatério ou da menopausa, procure um médico para realizar a avaliação. Eles podem ser amenizados com tratamento para que você tenha mais qualidade de vida.

--

Gostou dessas dicas? Para conferir mais como essas, não deixe de acompanhar nosso blog aqui na página da Droga Leste. Tem algum assunto que você gostaria de ver por aqui? Fale com a gente pelo e-mail marketing@rededrogaleste.com.br. Cuide bem, viva bem!

Confira mais

Importância dos exercícios: idosos ativos possuem melhor qualidade de vida

A prática de um exercício físico traz inúmeros benefícios a todos os idosos, incluindo ajudar na prevenção de diversas enfermidades diferentes. Confira!

5 hábitos comuns que interferem na eficácia da pílula anticoncepcional

Um dos métodos que nos ajudam a controlas seu ciclo menstrual é a pílula anticoncepcional. Porém, alguns hábitos podem interferir na sua eficácia, confira!

As novidades do oitavo mês do bebê

O interesse pelos brinquedos aumenta junto a sua curiosidade de querer conhecer o mundo. Confira todas as novidades desse novo mês.

Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil: saiba mais sobre essa doença

Infelizmente, nem as crianças e jovens estão livres do câncer, de acordo com o INCA, a estimativa é de 8.460 novos casos somente em 2020. Saiba mais sobre!

5 dicas de autocuidado para levantar a autoestima

Reunimos cinco dicas de autocuidado com o objetivo de conseguir elevar seu humor e se sentir ainda melhor. Confira essas ideias preciosas!

Veja Mais Postagens